Página 1 de 1

Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 11-Jan-2018 14:43
por Felipe Siebert
Olá pessoal, eu sei que plantas obtidas por seeds de cruzamento entre cultivares serão típicas, e com ID “Jr” quando for por polinização entre a mesma planta (ou exemplar), porém, pelo que eu vi na net, elas serão, na maioria, e com um pouco de sorte, “típicas premium”, pois geralmente ficam um pouco maiores e mais bonitas que as típicas de feira, geralmente herdando alguma características da matriz, digo isso tendo base nas inúmeras fotos que tenho visto pela net (nunca vi pessoalmente), como a B52 Jr por exemplo, que é muito bonita, ficando à frente das típicas, porém atrás da B52... Pois bem, algumas pessoas compartilham da minha ideia e outras não, respeito a opinião de todos, afinal sou mero iniciante nesse magnífico hooby. Hoje eu possuo algumas cultivares e algumas típicas, e estou prestes a adquirir duas plantas dessas, para acrescentar minha coleção, elas são originadas por seeds, entre polinização cruzadas de vários cultivares, queria saber a opinião dos Sr. nesse assunto, cada uma vai me custar 15 pila mais frete, sendo que uma típica eu pago 10 ou 12 mais frete. Alguém aqui possui alguma planta deste tipo adulta? Quer compartilhar alguma experiência? Se não me engano, o Paulo tinha germinado algumas dios desse tipo..
As plantas que vou comprar possuem 2 anos, e apesar de peq ainda, estão super bonitas, e muito vermelhas!
Vou deixar foto dos exemplares escolhidos por mim, se alguém tiver interesse em adquirir é só me enviar MP, as plantas são do meu amigo Eduardo, ele tem um bocado delas!
Sugestões, críticas e comentários são bem vindos!
Obrigado : joia :

Imagem

Imagem

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Sex 12-Jan-2018 07:29
por delagostini
Atenção ao "...pois geralmente ficam um pouco maiores e mais bonitas que as típicas de feira".
Isso não é verdade pois pode acontecer como pode não acontecer. Planta vinda de sementes é uma caixinha de surpresas assim como quando nasce uma criança. Ela pode ficar mais alta ou mais baixa que os pais. Mais feia ou mais bonita também.

Particularmente gosto da ideia de cruzamento de cultivares. Sei que a chance de sair algo novo/diferença é quase 0 mas é esse quase que deixa a brincadeira interessante. Tenho umas germinações aqui em casa que estão promissoras (vindas de sementes do alemão que fornece acho que pro forum inteiro daqui hahahaha) mas só vou saber se vai ser algo bacana ou não daqui a pelo menos 1 ano.
O preço que você pagou é justo. É uma típica e por serem plantas jovens ainda poderão apresentar características interessantes.

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Seg 15-Jan-2018 17:37
por Felipe Siebert
É exatamente isso que tenho em mente... posso dar sorte, ou posso dar azar.. kkkk não tem problema, vou comprar mesmo assim, só para diversificar mais a coleção, assim terei dios de vários tipos e origens...

Aqui estão as meninas que me foram enviadas, vamos ver no que vai dar...

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qua 17-Jan-2018 15:27
por Paulo
Bom,

Esse negócio de nomear plantas de cultivares nascidas de sementes eu sou contra daqui a pouco teremos por exemplo a B52 - X Pi e olha que deve se usar o Pi com no minimo 12 casas e sem nenhum critério.
O correto é que se nascer alguma coisa diferente deveria ser registrado como um novo cultivar e apenas clones desse é que poderia receber o nome.
Enquanto não for definido como um novo cultivar a dionaea é tipica.

Eu gosto de comprar sementes de cultivares que são polinizadas aleatoriamente por insetos, eu até tenho um fornecedor de muita confiança e tenho tido muitas boas surpresas.

A mais incrível é essa aqui. A planta tem mais de dois anos como referencia do tamanho tem uma moeda de R$ 0,01 do lado.

Imagem Imagem

Bom, é isso aí.

Paulo

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qua 17-Jan-2018 15:57
por Felipe Siebert
Muito belo exemplar Paulo! Essa aparente ser ainda menor que a Cudo.
Obrigado pelo comentário. : joia :

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 18-Jan-2018 16:38
por Paulo
Bom,

Andando por aí eu percebi uma coisa, existem muitas plantas vindas de sementes de cultivares procurados em que ganha o sufixo de self ou qualquer outro.
Eu acho errado usar esse tipo de denominação numa planta jovem, pois apenas uma pequena parcela das sementes carregam as características do cultivar.

Para mim qualquer planta vinda de sementes de um determinado cultivar só poderia levar o sufixo XXX depois de adultas, pois assim o comprador saberia que está comprando uma planta do cultivar YYY vinda de semente, mas que mantém certas características das plantas mãe.

Comprar uma planta jovem com qualquer sufixo é história para boi dormir, igual comprar sementes de cultivares. Vai na sorte.

Paulo

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 18-Jan-2018 16:57
por Felipe Siebert
Exatamente Paulo, inclusive essa nomenclatura de “jr” está dando o que falar... Sabemos como os iniciantes sofrem com isso, pois na ingenuidade acabam comprando plantas com sufixo jr, achando ser um cultivar ainda pequeno. Eu mesmo já conseguir ajudar algumas pessoas sobre isso nos grupos, é claro que sempre tem os camaradas que ainda desconfiam da gente, e ainda criticam quando tentamos ajudar, mas estes sempre vão ter..
Essas duas plantas eu compre com o Eduardo, Amigo do Matheus Delagostini, cara super gente boa, já tirou um milhão de duvidas minhas, e ele deixou bem claro que se tratavam de plantas originadas por seeds de polinização cruzadas entre mais de 50 cultivares, e que não tinham nenhum nome especial ou sufixo, no máximo, nós as chamamos de típicas premium, devido sua matriz ser um cultivar, e não uma típica.
Na minha opinião, deveríamos abolir esse termo “jr” usado aqui, mas sabemos que isso não vai acontecer, principalmente quando o “maior” vendedor dessas plantas consegue vender uma dio jr por 50 pila, e uma cultivar peq por 150... E o pior é que tem gente que compra...
Vlw. : joia :

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 18-Jan-2018 17:27
por Paulo
Amigo,

Tem uma coisa que não coloquei na postagem anterior, se a planta for clone de um cultivar XXX - YYY já adulto eu não vejo problemas desde que qualquer vendedor explique isso.
Mas se for clone de uma planta jovem ou mesmo uma planta jovem de sementes, usar o tal XXX - YYY é má fé.

Enquanto a planta não florir pela primeira vez não se pode definir exatamente o que ela pode ser, tenho plantas que após florirem mudaram certas características.

Paulo

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 18-Jan-2018 17:31
por Felipe Siebert
Isso mesmo Paulo, eu também penso dessa maneira! Mas esse tema ainda vai dar muito o que falar, junto com os de “cultivares” não registrados...
Eu até entenderia alguém querer cobrar um pouco a mais por uma típica que ficou muito grande e bonita, agora, querer dar nome e vender no mesmo valor de uma cultivar oficial, ai é sacanagem! Com o perdão da palavra.
Obrigado.

Re: Dio de seeds por cultivares diferentes, vamos conversar?

Mensagem não lidaEnviado: Qui 18-Jan-2018 19:14
por rdrgobra
Na boa, essa questão das plantas geradas por clones serem chamadas por self ou Jr é um tremendo balaio de gato. A meu ver este assunto deveria ter sido debatido nos primórdios do hobby aqui no Brasil, mas não houve naquela época como não há agora o menor interesse em se mexer nesse vespeiro.

Pensem comigo, se a normatização desses nomes for posta em prática tem muita gente entre os hobbystas veteranos e vendedores que perceberão que aquilo que tem em seus cultivos é um self e não o exemplar raro e pior, durante anos venderam, trocaram ou doaram gato por lebre.

Não posso afirmar que haja má fé aí, mas sim um ego inflado e muita ignorância.

Abs,

Rodrigo F. Costa